jump to navigation

Porcentagem da bateria no iPhone OS 3 (2G e 3G) 30/06/2009

Posted by pools in iphone.
Tags: , , , ,
6 comments

Estava procurando uma forma simples de ativar a porcentagem da bateria, visto que no novo iPhone 3GS vem habilitado e existe um bloqueio via software para os iPhones anteriores.

A dica vem do Fórum iPhoneMod Brasil:

1) Verifique se você possui o repo http://apt.iphone-storage.de/ no seus Sources, se não, adicione-o.
2) Em Sections, vá ao Tweaks (3.0) e instale o asBattery.
3) Dê um reboot (ou até mesmo um respring, conforme o iPhabio disse) no seu iPhone e, voilà! (não estranhe se você não vir nenhuma porcentagem).

Agora é só ir Ajustes > Geral > Uso e ativar no Nível da Bateria (agora, se você não vir nenhuma, estranhe.)

OBS: Pode ser usado em 3Gs e 2Gs

Mais uma vez agradeço a comunidade!

Até mais,

Atualizando o iDeneb da versão 10.5.6 para a 10.5.7 29/06/2009

Posted by pools in mac.
Tags: , , , ,
20 comments

Depois de instalado o MacOSX86 e tudo funcionando a contento, deparei-me com uma atualização para o SDK do iPhone que, na versão 3.0, exige a versão 10.5.7 para a instalação.

Após isso, tentei utilizar a atualização convencional, porém acabou “estragando” o funcionamento em minha máquina.

Também não obtive resultado satisfatório utilizando a ferramenta de update modificado para AMD, que dá erro na conversão dos pacotes passando instruções específicas para esse tipo de arquitetura.

Sfotware Update via AMD não funcionou...

Software Update via AMD não funcionou...

A solução foi utilizar o iDeneb combo Upgrade Kit

Feito pelo time do iHackintosh e disponível em um torrent perto de você!

Esse combo traz dois pacotes importantes, o “iDeneb.MacOSx86UpdCombo10.5.7.pkg” e o “iDeneb.Tool.rev1.mpkg”

1 Atualizando o MacOSX
Descompacte o Combo Upgrade e execute o pacote iDeneb.MacOSx86UpdCombo10.5.7.pkg
upgrade_ideneb1

Após a instalação será necessário reiniciar o computador.

ATENÇÃO: O boot normal não irá funcionar, pois não existe ainda um kernel definido como padrão após atualizar. Para realizar o boot é necessário pressionar ENTER (ou F8 em alguns casos). No menu, selecionar a partição onde o MacOSX está instalado e digitar o kernel pretendido, que pode ser:

– anv (Versão 9.6.0)
– voodoo (Versão 9.5.0)
– vanilla (Versão 9.4.0)

Comece tentando com o AnV e caso algo dê errado tente com a versão anterior e prossiga assim até chegar ao vanilla. Uma delas irá funcionar para você.

2 Configurações Finais
Após o boot com um kernel pré-selecionado, temos que alterar para que este se torne o padrão do sistema. Abra a ferramenta “iDeneb.Tool.rev1.mpkg” e selecione o kernel que você utilizou.
Aproveite para testar tudo e verificar o que não está mais funcionando, é possível escolher na lista, já que o upgrade remove alguns drivers alternativos na instalação, como a Bios, mouse e teclado fix, USB, Nvidia etc.

Instalando o Kernel AnV

Instalando o Kernel An

ATENÇÃO 2: Caso tenha selecionado o kernel voodoo, existe um bug reconhecido que torna o sistema instável, logo deve ser selecionado o “Seatbelt Fix” em conjunto com esse kernel.

Agora basta reiniciar e verificar se o boot funciona normalmente sem ter que informar mais nada.

No meu próximo post tentarei habilitar o som ALC850 em modo 5.1.

Até a próxima!

Como instalar o Windows XP, Mac OSX86 10.5.6 e o Linux Ubuntu 9.04 no PC com Triple Boot! 29/06/2009

Posted by pools in mac, Ubuntu, windows.
Tags: , , , , , , , , ,
15 comments

Na Dúvida, fique com os 3!

Nada mais difícil para mim, depois de formatar o meu HD completamente, do que escolher qual sistema operacional usar.
Já havia conseguido fazer o MacOSX rodar muito bem no meu computador, porém sentia falta de algumas coisas.
Cheguei à conclusão que cada sistema operacional tem as suas vantagens, e isso os torna especiais.

O Windows é como um salão de jogos, onde posso desfrutar de um bom desempenho e dedicar um tempo a diversão.

O Mac é um centro de entretenimento, onde você não se preocupa com nada além de ouvir uma boa música, curtir bons aplicativos e um ecossistema próprio, que em conjunto com um iphone tudo se torna integrado e acessível, porém com o seu preço. Mas vale cada centavo, desde que tudo funcione bem.

O Linux é um ambiente que favorece a programação, a ideologia livre, a comunidade e a ajuda mútua. É onde você instala banco de dados, editores e servidores web em uma única linha de comando, entre muitos outros aplicativos, personalizando-o do seu jeito.
Dependendo do dia, do trabalho e do humor quero fazer algo diferente, então resolvi instalar os 3 em um “Triple boot”.

Passos:

0 Faça um Backup Completo
Como iremos mexer com partições, não há porque correr riscos mantendo arquivos importantes, caso algo não saia como o planejado.

1 Instalar o Windows XP
Aproveitei a instalação do Windows para zerar as partições do meu HD e criar uma de 40GB onde será instalado o Windows. Feito isso, a instalação corre normalmente, sem nenhuma novidade nesse processo.

2 Configurar as Demais Partições
Caso não tenha mais nenhuma partição especificada (como foi o meu caso), aproveite e instale um gerenciador de partições, como o Partition Magic 8. Utilizei o programa para criar as demais partições para receber os demais sistemas operacionais. Segue o exemplo do meu HD:

Partition Magic

Partition Magic

Para o meu HD de 200GB ficou assim:
40GB Windows (Primária) – NTFS
40GB MacOSX (Primária) – HFS+
40GB Linux (Primária) – EXT3
1 Partição Extendida abringando:
1 GB Swap Linux
70GB Arquivos – FAT32

Como o Partition Magic é um programa pago e, caso você tenha dificuldades em encontrá-lo, recomendo o GParted. Basta gravar um CD com a iso e realizar o boot pela mesma.

Com as partições preparadas chega a hora de instalar o Linux e o MacOSX.

3 Instalar o Linux
A distribuição utilizada foi o Ubuntu 9.04 . Novamente a instalação corre sem mistérios, apenas atentando ao fato de escolher a partição correta, que no meu caso é a quarta, logo após a partição para swap do Linux.

Para quem deseja aprender como se instala o Ubuntu passo a passo, aconselho um excelente link (em PT-PT) entre vários existentes na internet: http://www.pplware.com/2009/05/21/guia-de-instalacao-ubuntu-904/

3.1 Configurar o GRUB
Como iremos utilizar o boot menu que vem em conjunto com o iDeneb MacOSX precisamos fazer com que o boot do Linux, o Grub, não apareça, senão teremos dois menus de boot quando escolhermos o Linux.

Dentro do Ubuntu, abra um terminal e execute o comando:
sudo gedit /boot/grub/menu.lst

Ache a linha “timeout” e altere seu parâmetro para 0:
timeout 0

Salve o arquivo, retorne ao terminal e execute:
sudo update-grub

Basta reiniciar para instalarmos o MacOSX.

4 Instalar o MacOSX
A instalação do sistema da maçã, como muitos sabem, não é oficial fora do hardware Mac, por isso existem distribuições que modificaram o núcleo do sistema e adaptaram para o PC. Não é 100% garantido que funcione no seu hardware. Antes de prosseguirmos, seguem algumas dicas:

– Verifique se existe algum relato de instalação do MacOSX com a sua placa mãe, seja no Google ou direto neste endereço:
o: http://wiki.osx86project.org/wiki/index.php/HCL_10.5.6

– A iDeneb foi a que melhor funcionou para mim, mas pode não servir para você. Tente outras, nas quais destaco: iATKOS , iPC e a Kalyway.

– Para encontrar os DVD´s você deve recorrer aos “torrents”.

– Procure sempre pela versão atualizada, como a 10.5.6 ou até 10.5.7, para evitar ter que atualizar e assim correr riscos de não funcionar posteriormente.

Caso escolha pela iDeneb, existe um artigo meu explicando sobre a instalação: https://pools.wordpress.com/2009/02/26/mac-osx86-ideneb-1056/

Terminada a instalação, ao reiniciar, pressionando “Enter” você deverá ter uma tela como esta:

DSC00883

O padrão de boot ficou com o MacOSX, e pode-se escolher entre o Windows ou o Linux!

No próximo post mostrarei como atualizar o Mac da versão 10.5.6 para a 10.5.7.

Até mais!

Problemas com a nForce Ethernet? 22/06/2009

Posted by pools in mac.
Tags: , , , ,
6 comments

Este final de semana foi repleto de novidades, e uma delas foi a dificuldade em se manter conectado no Hackintosh. Sempre que fazia grande volume de downloads a conexão caía depois de um tempo e eu tinha que reiniciar o computador.

O que antes parecia uma instabilidade no driver do NTFS-3G é na verdade um problema com o nForceEthernetController.

Para verificar mensagens de erro, abra um terminal e digite:
tail -f /var/log/system.log

Com esse comando todas as mensagens de problema do sistema podem ser acompanhadas. Deixei o terminal aberto com esta linha e novamente ao baixar alguns torrents a conexão caiu. Eis que surge a mensagem:

kernel[0]: nForceEthernetController: NIC ring full, stalling.

O Driver do iDeneb que eu havia escolhido para gerenciar o meu chipset nForce estava com problemas.

Solução:
http://www.insanelymac.com/forum/index.php?showtopic=125569

1 – Baixe a versão 0.62.13n,
2 – Entre no safe mode (-x no boot)
3 – Faça o Backup do kext Atual (na pasta home, por ex): sudo cp -r /System/Library/Extensions/nForceEthernetController.kext ~/
4 – Remova o atual kext da nForce (via terminal): sudo rm -r /System/Library/Extensions/nForceEthernetController.kext
5 – Descompacte e instale o nforceLAN novo via “Kext Helper b7” (fica em Aplicativos/iDeneb App), basta pegar o kext e arrastar para a janela, colocar a senha de root e clicar em EASY INSTALL.
Mais detalhes sobre o Kext Helper: http://cheetha.net/

Reinicie. Faça o acompanhamento novamente. Se não funcionar, tente com uma versão anterior ou com o Driver ForceDeth:
http://www.insanelymac.com/forum/index.php?showtopic=12933

Lembre-se de sempre remover o Kext anterior pelo modo seguro antes de se aventurar em um novo.

No meus testes o drive nForceLAN já baixou mais de 4GB ininterruptamente por mais de 8 horas.

Espero ter ajudado,

Até a próxima.